Wednesday, February 07, 2007

Oficina Orlando Pedroso


Este domingo conheci Orlando Pedroso, participando de uma oficina dele. Ela foi organizada pelo
"Ilustrando em Revista". O cara é um dos desenhistas mais simplistas e objetivos que já conheci. Possui sacadas para ilustrações com uma velocidade incrível e os desenhos ele faz com uma agilidade e rapidez de babar.

O Foco da oficina era apresentar algumas orientações e técnicas. Teve aquele exercício básico, o de pegar um assunto ou texto, e ilustrá-lo. No caso, o assunto "Existem corpos de piões de obra da torre de t.v de Brasília enterrados debaixo dela". -Façam em 15 minutos. 95% dos alunos desenhou algo óbvio, com a torre e algo a ver com cemitério, com lápides. Pelo menos cado um com sua linguagem e traços...O tio Orlando desenhou em 3 minutinhos um senhor barrigudo vendo t.v. e reclamando " -É por isso que essa T.V. só tem fantasma!".

Depois ele ensinou, desenhando na nossa frente, algumas técnicas. Aliás, são bem gostosas de se fazer. A primeira era com jornal. Eu aqui abusei na água, e o desenho virou praticamente aqueles testes de psiquiatria. Mostro o desenho se você estiver precisando de fazer esse teste. ;p

Abaixo estão os desenhos que fiz com tinta latéx e nanquim no papel pardo. Eles são grandões, tem 90 x 100 cm mais ou menos.



























Estes outros foram feitos para praticar com lápis carvão úmido e o sanguíneo, ambos finalizados com um toque de café, dos fortes. (sim, café molhando o desenho, eu não estava com sono não, estava era frenética!)


Friday, January 19, 2007

testa retesta Rock Parade

Estou de férias da UnB mas nunca sossego, ui ui.
Este post mostra como foi a experimentação em torno do meu último trabalhinho, um flyer para a festa Rock Parade. (aliás, compareçam. Vai ser beeeem divertido! E eu também farei uma interferência na parede do Landscape, aêê!)
Desta vez, como eu tinha tempo e ainda estava frenética, me dediquei para fazer um bom estudo de personagens para ilustrar o flyer.
As duas primeiras que fiz estavam um bocado "fofinhas"(a primeira é quase cópia de um personagem de street art - HNT). Parti para algo mais sexy, porém mantendo o caráter divertido que a festa teria.





























Uma criancinha birrenta e chorona sem ganhar seu sacolé de pitanga









































Desenhos que fariam parte de um livro, agora são idéias livres.
Facilidade da pintura em photoshop. Hummm...
As linhas, sempre em nanquin, sempre.


Thursday, January 18, 2007

Letrildas

Quem sabe eu não me enpolgo e faço um alfabeto inteiro?
Adoro bufões.
Esse dái foi feito para cartaz da festinha de uma amiga, a Débora.


Friday, January 05, 2007